Dilma enfrenta seu maior obstáculo: Gilmar Mendes
Brasil 24/7 1h  //  keep unread  //  hide  //  preview

247 – O País entra numa semana decisiva. Nos próximos dias, o ministro Gilmar Mendes, do Superior Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral, apresentará seu relatório sobre as contas de campanha da presidente Dilma Rousseff. Segundo informa Paulo Moreira Leite, diretor do 247 em Brasília, não haverá surpresa alguma: ele votará pela rejeição das contas, embora o Ministério Público Eleitoral tenha finalizado, neste fim de semana, relatório que sugere sua aprovação (leia aqui).

“Embora um dito popular afirme que ninguém sabe o que pode sair de bumbum de nenê, de barriga de mulher grávida e de cabeça de juiz, a maioria dos observadores acredita que Gilmar não irá surpreender ninguém e deve apresentar um voto  pela rejeição das contas de Dilma. A dúvida, pelo que o 247 apurou, junto a profissionais de Direito envolvidos no caso, é saber a reação dos demais ministros”, informa PML. “Na pura matemática política do tribunal, pode-se prever uma divisão assim:  3 votos a favor de Gilmar, 3 votos contrários — cabendo ao ministro Luiz Fux a posição de desempate. Mas Gilmar também pode ficar isolado, arrebanhando votos em número menor.”

O motivo, segundo o colunista, seria a postura “ideológica” do ministro. PML informa, ainda, que a eventual rejeição das contas de Dilma pelo TSE não impediria a sua diplomação, mas a tornaria mais vulnerável aos ataques da oposição.”Do ponto de vista jurídico, a rejeição das contas de um candidato não impede que seja empossado. Isso acontece no final de todas as campanhas, com deputados, senadores, prefeitos e mesmo governadores de Estado. O TSE pode levar meses e até anos para tomar uma decisão definitiva sobre seu mandato. Mas se uma eventual rejeição de contas de uma presidente da República pode ter o mesmo caminho jurídico, seu valor político é outro. Tem impacto sobre o conjunto da população, sobre as alianças políticas do governo, pode afetar os rumos da economia e mesmo acordos internacionais”, diz ele.

PML sugere ainda que o TSE faça um debate técnico sobre a questão, sem se deixar levar por preferências políticas. “O que se espera, no TSE, é um debate técnico e sereno, apoiado em fatos e evidências. E só. Não  valem  insinuações, ilações, fantasias  nem pré-julgamentos por parte de magistrados que honram  os valores da Justiça e compreendem a necessidade de impedir que o Judiciário seja arrastado numa aventura delirante, capaz de comprometer o destino do país e o elemento mais valioso dos regimes democráticos — a soberania popular.”

Leia a íntegra em Dilma na corrida de obstáculos.

Visit Website
1h
No dia do protesto em SP, Aécio curtiu a praia em SC SC 247 – O jornalista Ricardo Kotscho ironiza, no artigo Aécio vai à praia, Serra reaparece e Lobão reclama,  o desapontamento do cantor Lobão com a ausência do senador Aécio Neves (PSDB-MG) no protesto pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff no último sábado, convocado pelo tucano. Segundo ele, bastaria ter lido a coluna de Ancelmo Gois, no sábado, para saber que no dia do protesto em São
1h
Miguel Reale Jr. contesta métodos da equipe de Moro Paraná 247 – No artigo “A prisão como pressão”, o jurista Miguel Reale Júnior contesta os métodos usados pela equipe do juiz Sergio Moro para obter delações premiadas no âmbito da Operação Lava Jato. “Em parecer ofertado em dois habeas corpus, interpostos por presos na Operação Lava Jato, o ilustre procurador Manoel Pastana defendeu a manutenção da prisão preventiva. O procurador a
1h
Fundo verde do clima chega perto da captação de US$ 10 bilhões Gustavo Arnizaut, especial para o Brasil 247 A primeira semana da Conferência do Clima em Lima, Peru, gerou o comprometimento de países desenvolvidos para aportar 9,95 bilhões de dólares em recursos ao Fundo Verde do Clima.  A meta inicial entre 10 e 15 bilhões de dólares deverá ser atingida à medida que a “diplomacia do clima” progredir nas negociações desta semana, entre representantes de 197 p
1h
MPE frustra PSDB e sugere aprovar contas de Dilma 247 – A jornalista Andrea Jubé, do jornal Valor Econômico, obteve, com exclusividade, o parecer de 14 páginas do Ministério

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s