Agrotóxico no leite materno e a opinião da senadora Kátia Abreu

Agrotóxico no leite materno e a opinião da senadora Kátia Abreu

videosmst

O vídeo mostra trechos do documentário de Silvio Tendler, “O veneno está na mesa”, de 2011.

Visit Website

54min
O Complexo Hidrelétrico do Rio Madeira. A marcha forçada sobre os territórios. Entrevista Especial com Luis Fernando Garzon Foto: http://www.franciscanosmapi.org.br “O licenciamento do Complexo Hidrelétrico do Rio Madeira é um fio que nos leva até o processo decisório do capitalismo brasileiro, que se internacionaliza subalternamente, mas se internacionaliza”, frisa o sociólogo IHU On-Line – As cheias do rio Madeira e os impactos gerados à população de Rondônia por conta das hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio recolocam o
54min
Conferência em Salvador debaterá políticas de promoção da igualdade racial Ministra Luiza Bairros será conferencista no evento. (Crédito da foto: Wilson Ribeiro) Evento ocorre nesta terça-feira (25), às 16h, no salão nobre da reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA), no bairro do Canela, em Salvador SEPPIR A primeira Conferência Internacional sobre Políticas Afirmativas para a Promoção da Igualdade Racial será realizada nesta terça-feira (25), às 16h, no salão no
54min
Com esse governo, pergunto: por que a direita está nas ruas?, por Leonardo Sakamoto Leonardo Sakamoto Desde que foi divulgado que a senadora Kátia Abreu teria sido convidada para o ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, alguns colegas me perguntaram se Dilma não poderia ser acusada de estelionato eleitoral. Para responder a essa indagação, primeiro, claro, é necessário esperar o anúncio oficial. Porque a esquerda que ainda sobrou no PT está em pânico com a suposta i
1h
Documento Final da Grande Assembleia do Povo Terena Terra Indígena Lalima 19 a 23 de novembro de 2014 O povo Terena reafirma a luta pelo território tradicional. Juntamente com nossos caciques, lideranças, anciãos, mulheres, jovens e crianças seguiremos juntos na construção do Bem Viver. Nós, Povo Terena, reunidos na 6ª Grande Assembleia do Povo Terena, juntamente com representantes do Conselho Aty Guasu Guarani Kaiowá, Conselho do Povo Kinikinau, r
1h
1
Deputado divulga Parecer e Substitutivo da PEC 215 “substanciado vigorosamente” na decisão do STF sobre Guyraroká Tania Pacheco – Combate Racismo Ambiental O relator da famigerada e inconstitucional PEC 215/2000, deputado Osmar Serraglio, do PMDB, divulgou o substitutivo  à Proposta de Emenda Constitucional, que, se aprovada, torna passíveis de revisão as Terras Indígenas já demarcadas ao longo da nossa História, além de escancarar seus limites para toda a sorte de exploração e, até, de arrendamento. Datado
1h
2
Carta do III Encontro Índios & Quilombolas de Oriximiná Nós comunidades quilombolas e povo indígenas (Katxuyana, Waiwai, Hixkaryana, Kahyana, Apalai, Wayana, Tunayana, Mawayana, Xereu) reunidos nos dias 14 a 16 de novembro de 2014, discutimos sabre as ameaças crescentes sobre os nossos territórios, coma a expansão da Mineração Rio do Norte nas terras quilombolas e a retomada dos projetos do construção hidrelétricas na Bacia do Rio Trombetas. Enquanto
1h
2
O copo usado de extrato de tomate Alexey Dodsworth Magnavita* – Brasil Post Nos anos 1970, lembro-me como se fosse hoje, na casa de uma de minhas parentes havia dois tipos de copo. A utilização de um tipo ou do outro dependia da taxa da melanina alheia. Funcionava assim: se eu estivesse com um coleguinha cuja pele tivesse a cor mais escura e ele pedisse água, a ele era oferecido o copo de extrato de tomate que, quando vazio, era
1h
7
O muro de Dourados Fabiano Maisonnave – Folha de S.Paulo A construção de imponentes muros altos se tornou item obrigatório dos condomínios de luxo que se proliferam pelo país afora. A peculiaridade do Ecoville Residence, em Dourados (MS), é que, vizinha à sua barreira eletrificada de três metros, fica a superlotada reserva indígena guarani-kaiowá. O muro de Dourados não bloqueia, filtra. Todos os dias, dezenas de gu
2h
3
“Quando mudamos o “EU” para o “NÓS”, caminhamos”, afirma Aleida Guevara Por Comunicação Via Campesina Da Página do MST Uma mulher cubana e comunista, de andar tranquilo e olhar utópico. Aleida Guevara, filha de Ernesto “Che” Guevara, que seguiu a mesma formação médica de seu pai tornando-se pediatra, esteve presente no 14° Acampamento Latino-americano da Juventude da CLoc-Via Campesina. Em sua fala para a juventude latino-americana, Aleida apontou os desafios da juven
2h
2
Estupros e outros crimes na Medicina da USP começam a ser investigados A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, da Cidadania, da Participação e das Questões Sociais da Assembleia Legislativa discute as denúncias de violações de direitos humanos na FMUSP Após as denúncias, a USP criou uma comissão para apurar os casos de abusos sexuais, estupros e trotes violentos ocorridos na Faculdade de Medicina CartaCapital A Polícia Civil de São Paulo indiciou um homem
2h
5
A luta pela moradia Elaine Tavares – Palavras Insurgentes Fincada bem no centro da cidade de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, a Comunidade Autônoma Utopia e Luta tem sido um exemplo para a luta pela moradia em todo o país. Sua história começa no ano de 2005, quando organizadamente algumas famílias decidiram ocupar um prédio abandonado do INSS, durante o Fórum Social Mundial. A ocupação resistiu, prosperou e hoje é
2h
2
Em Volta Redonda, ainda se combate a ditadura Uma audiência vai decidir se a ponte Emílio Médici passará a se chamar dom Waldyr Novaes Os habitantes do município fluminense têm a chance de homenagear um herói e retirar nome de ditador de obra pública por Paulo Cezar Soares — CartaCapital Se depender do Ministério Público Federal (MPF) de Volta Redonda, cidade no interior fluminense que sedia a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), mais um es
3h
1
A metade do tamanho que se tem, por Nina Alencar Zur Nina Alencar Zur é estudante de direito na UERJ e, em estágio na Defensoria Pública do Rio de Janeiro, tomou contato com os sentenciados recolhidos no Presídio Muniz Sodré. Desta experiência, banhada de humanidade, vem o texto abaixo (publicado originalmente no Diários de Mochila), contundente e ao mesmo tempo poético. “A maioria ainda está lá diminuindo de tamanho e fugindo do tempo”, escreve. Se
End of feed
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s