Itália nega extradição a Pizzolato, que será solto nas próximas horas

1min
Richa anistia 95% do valor de multas para arrecadar o 13º salário do funcionalismo O deputado Tadeu Veneri, líder do PT na Assembleia Legislativa do Paraná, afirmou que o governo Beto Richa (PSDB) transformou o plenário de amanhã em comissão geral para, além de aprovar a prorrogação da eleição de diretor de escola, tentar resolver problema de caixa no final do ano. A iniciativa do Palácio Iguaçu teria como objetivo juntar dinheiro para pagar o 13º salário do funcionalismo públi
Itália nega extradição a Pizzolato, que será solto nas próximas horas

do Brasil 247

Deputada ítalo-brasileira Renata Bueno, filha do líder do PPS Rubens Bueno, em novembro de 2013, chegou a anunciar uma “caçada” na Itália ao ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, então incluído na lista de fugitivos da Interpol. Ele está preso no País da Bota desde fevereiro deste ano. O petista deverá ser solto nas próximas horas, pois pesou a seu favor as condições degradantes das prisões em solo verde-amarelo.Deputada ítalo-brasileira Renata Bueno, filha do líder do PPS Rubens Bueno, em novembro de 2013, chegou a anunciar uma “caçada” na Itália ao ex-diretor de marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, então incluído na lista de fugitivos da Interpol. Ele está preso no País da Bota desde fevereiro deste ano. O petista deverá ser solto nas próximas horas, pois pesou a seu favor as condições degradantes das prisões em solo verde-amarelo.

O ex-diretor do Banco do Brasil Henrique Pizzolato, condenado na Ação Penal 470, o ‘mensalão’, participou nesta terça-feira 28 de julgamento em que a Justiça italiana negou o pedido do governo brasileiro para que ele seja extraditado e cumpra sua pena de 12 anos e 7 meses no Brasil. Cabe recurso da decisão.Para negar o pedido do Brasil, os juízes se basearam nas condições das prisões no País, as condições de saúde de Pizzolato e o fato de ele ter cidadania italiana. O argumento principal, segundo seu advogado, Alessandro Sivelli, foi “a denúncia sobre as condições das prisões no Brasil”.

Pizzolato, que foi condenado pelos crimes de corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro, fugiu para a Itália antes da realização do julgamento pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Três meses pós a sentença, ele foi preso na Itália, em fevereiro deste ano, por uso de documento falso – ele viajava com o passaporte de um irmão morto. A prisão se deu por uma operação integrada entre Brasil e Itália (relembre aqui) e (aqui para relembrar a caçada da deputada ítalo-brasileira Renata Bueno).

Segundo seu advogado, ele deve ser solto nas próximas horas. Sua mulher, Andrea Haas, acompanhou o julgamento realizado na Corte de Apelações do Tribunal de Bolonha, assim como seu sogro, Francisco Haas, de 82 anos, conforme relato da reportagem da Folha de S. Paulo. “Ele saiu muito emocionado”, descreveu o sogro.

Visit Website

1h
54
Richa liga ‘rolo compressor’ na Assembleia para prorrogar mandatos de diretores até dezembro de 2015 O governo Beto Richa (PSDB) ligou na tarde terça-feira (28) o rolo compressor para aprovar, na Assembleia Legislativa do Paraná, projetos de renúncia fiscal e que prorroga em um ano os mandatos dos 2,1 mil diretores de escolas da rede pública do estado. As inscrições de chapas ocorrem até amanhã e a eleição está prevista para o próximo dia 26 de novembro. A Assembleia aprovou requerimento subscrit
3h
2
Ao vivo: Assembleia Legislativa do PR Transmissão encerrada. As imagens são da TV Sinal/Rede Mercosul.
4h
13
Ratinho Júnior prefere presidir a Assembleia a “matar cachorro a grito” no governo Beto Richa O deputado estadual eleito Ratinho Júnior (PSC) poderá declinar de convite para reassumir a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano (SEDU). A amigos e correligionários, o parlamentar confidenciou que aceitaria voltar ao cargo se o senador Aécio Neves (PSDB) tivesse sido eleito no domingo (26). A recusa de Ratinho teria relação com o “inverno” que possivelmente castigará o governador Beto Ri
End of feed
Anúncios

Um comentário sobre “Itália nega extradição a Pizzolato, que será solto nas próximas horas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s