Adriana Calcanhotto – Me dê motivo

40min
Propostas: Educação: Dilma Rousseff: Afirmou que dará “salários… Propostas: Educação: Dilma Rousseff: Afirmou que dará “salários adequados” aos professores e melhor formação e irá universalizar a educação infantil de 4 a 5 anos até 2016. Aécio Neves: Quer melhorar salários com aumento do repasse da União ao Fundeb. Fará a implantação gradual da escola de tempo integral. Saúde Pública: Dilma Rousseff: Expansão do programa Mais Médicos e Ampliação da rede de Unid
Adriana Calcanhotto – Me dê motivo

Adriana Calcanhotto – Me dê motivo

Visit Website

Celso Antônio Bandeira de Mello vota Dilma 13 Ele foi o…

5min
Ibope e Datafolha apontam vitória de Dilma 13 amanhã Ibope e Datafolha apontam vitória de Dilma 13 amanhã O Ibope de hoje aponta a presidenta Dilma Rousseff (PT) com 53% e Aécio Neves (PSDB) com 47%. O Datafolha de hoje mostra Dilma com 52% e Aécio com 48%. Com isso, se não houver um golpe da direita, Dilma se reelegerá amanhã. View On WordPress
Celso Antônio Bandeira de Mello vota Dilma 13 Ele foi o…

Celso Antônio Bandeira de Mello vota Dilma 13

Ele foi o primeiro a assinar o nosso manifesto dos juristas Dilma 13, clique aqui.

Visit Website

As verdades que vêm de Minas…

As verdades que vêm de Minas…

Por Lúcia Capanema, atualmente professora na UFF no Facebook

Aécio é poucos anos mais velho que eu. O conheci pessoalmente na adolescência, em um belo apartamento que sua família tinha na Vieira Souto, Rio de Janeiro. Sua trajetória como estudante sempre foi questionável, formando-se em Economia às custas de muita cola e trabalhos feitos por suas colegas de sala (duas delas também amigas minhas à época). No intuito de retirá-lo do mundo das drogas, seu avô (que nunca fez nada de relevante – ou alguém se lembra de algo?) o retirou das noites cariocas para o gabinete do governo mineiro em 1983.

 Nunca trabalhou efetivamente, só badalava nas festas do Rio e de BH. Tenho uma irmã e um irmão que frequentam as mineiras e o vêem em estado de total excitação (!) com frequência. Seu problema com drogas, como todos sabem, o levaram a várias internações, tanto no Copa D’Or quanto no Mater Dei de Belo Horizonte. No Rio não sei como D. Andrea Neves gerenciava as coisas, mas em BH mandava-se fechar o andar do hospital em que ele estivesse. Ninguém entra, ninguém sai sem ordens de D. Andrea. E danem-se os pacientes necessitados de leitos.

Aecio Não pretendo aqui retirar o foco do que realmente importa, que são as ideologias, as propostas, as visões de mundo e o que delas resulta, mas neste caso me parece que história pessoal e política estão profundamente imbricadas. Neste ano de 2014 dois bisonhos episódios (estariam conectados?) envolvem sua história, a ilegalidade e a velha questão do financiamento de campanhas: o caso do helicóptero de cocaína apreendido e o aeroporto de Cláudio.

Como governador de Minas (e ainda agora como senador pelo mesmo estado), morava no Leblon e formou um triunvirato governamental. Ele fazia a pose, passeava por lá; seu vice, Anastasia, apesar da inclinação neoliberal e dos tantos males que esta inclinação fez a Minas, governava a máquina, enquanto sua irmã ‘prendia e arrebentava’. D. Andrea mandou despedir inúmeros jornalistas que tentaram publicar notícias desabonadoras da conduta de Aécio. Com mão de ferro fez política terrorista durante oito anos, fechando negócios com prefeitos do interior e com grandes empresários. José Murilo de Carvalho já denunciou a falácia dos números sobre Educação fabricados por sua propaganda; na área da saúde, os médicos das propagandas na grande mídia eram atores e atrizes amigos meus. Mais recentemente, o constrangimento por que passou a atriz Debora Falabella, contratada para mentir sobre a Educação em Minas (ver abaixo).

Em seu governo, privatizou os prédios históricos da Praça da Liberdade e transferiu o Centro Administrativo de Minas Gerais para o extremo norte da capital mineira – apesar dos pareceres técnicos em contrário – ao custo de R$1,7 bilhão, criando milhares de viagens desnecessárias para a região, que fica a 20 km do centro de BH. Sua pequena Brasília causaria uma especulação imobiliária sem precedentes na região, que teve todas as áreas vazias compradas por seus amigos empresários antes de lançado o projeto. A 600 metros dali suas empreiteiras prediletas também transformaram uma Área de Proteção Ambiental num empreendimento imobiliário para abrigar 300 mil pessoas onde não há infraestrutura ou estrutura compatíveis, numa jogada ilegal que ainda é questionada pelo MP e que pretende hoje remover 8000 pessoas pobres que ocupam historicamente a área.

Aecio2

O MP de Minas acusa Aécio em ação pública do desvio de R$4,3 bilhões (são 78 mensalões!). Negociatas à parte, continuou não trabalhando em Minas. E fabricando números, mentindo com muita simpatia aos brasileiros (afinal, são mais de 50 anos de prática…). Agora quer ser presidente.

Pela experiência mineira (e pela experiência nacional nos anos FHC de privatização da Vale e das telecomunicações com inúmeros e vultosos escândalos de corrupção – não se lembram?), ao cabo de 4 anos de Aécio teremos digitalizado o Bolsa-família (como fizeram com o Orçamento Participativo em BH) retirando do programa sua face capacitadora, teremos privatizado a Petrobrás e as universidades federais e teremos acabado com os programas de inclusão através da educação, como o Pró-Uni e as cotas, e os programas de inclusão produtiva, como o Territórios da Cidadania.

Peço a todos um voto responsável, procurando pelo menos saber quem é Aécio Neves.

Obrigada!

Visit Website

Povo brasileiro, querido povo brasileiro

End of feed

Atenção mídia familiar, muita atenção,

End of feed

Lula Miranda, no Brasil 247: Enquanto “Veja” e a elite casuísta a que representa se afundam, irremediavelmente, em suas próprias imundícies, Dilma cresce e se fortalece, junto ao povão, ao ritmo alegre e irreverente do “passinho” e mandando “beijinho no ombro” para a galera.