DILMA ” O POVO NAO QUER MAIS QUEM CHAMAVA APOSENTADO DE VAGABUNDOS.

DILMA  ” O POVO NAO QUER MAIS QUEM CHAMAVA APOSENTADO DE VAGABUNDOS.

Dilma: “o povo não quer mais quem chamava aposentados de vagabundos”

Published outubro 6, 2014 Uncategorized Leave a Comment
Tags:

 no GGN
No primeiro discurso, a presidente enfrentou seu concorrente direto no 2º turno e homenageou Lula e Michel Temer
Jornal GGN – “O povo não quer mais quem chamava os aposentados de vagabundos e agora tem fórmulas mágicas”, disse Dilma Rousseff (PT) em discurso emocionado, em Brasília. O ataque à candidatura de Aécio Neves (PSDB) foi direto: “o povo vai dizer que não quer os fantasmas do passado, com recessão, desemprego” e disse que o PSDB “governou apenas para um terço da população”.
A presidente e candidata à reeleição iniciou sua fala homenageando e agradecendo.  “A gente tem obrigação de agradecer, o eleitor, a eleitora, aquele anônimo, que saíram de suas casas e foram às urnas. Sinto-me como se dele, e aí me eu me sinto fortemente como se dele, eu tivesse recebido uma mensagem, um recado, simples, que eu devo seguir em frente, que eu devo continuar nesta luta junto de cada um desses eleitores, e eleitoras, para mudar o Brasil”, disse.
Dilma deixou espaço de destaque no seu discurso a Lula: “Faço questão de agradecer ao líder, amigo e companheiro Lula. Sem o presidente Lula eu não teria chegado aonde cheguei, de realizar meu sonho de ajudar a fazer um Brasil melhor. Como a gente dizia, durante a resistência: a luta continua. E eu quero repetir: a luta continua. Uma luta que, sem dúvida, será mais uma vez vitoriosa, porque é a luta do povo brasileiro”.
As homenagens foram estendidas ao vice-presidente Michel Temer, “que depois de ter sido um grande vice, se transformou num acansado e aguerrido militante, fervoroso, que andou o Brasil defendendo nosso projeto, nossas propostas e nosso governo”.
Agradeceu ao PT e aos partidos aliados, aos demais candidatos que fizeram campanha conjunta, levando o nome da presidente a cidades e estados, aos movimentos sociais e centrais sindicais, e à “militância guerreira do meu partido e dos partidos aliados, a quem eu reconheço o empenho em todos os cantos do meu país”.
Dilma lembrou que a eleição começou com uma “tragédia”, que foi a morte de Eduardo Campos, que foi ministro no governo Lula. “Mas temos que seguir em frente”, continuou a presidente.
A presidente afirmou que seu governo está baseado na “igualdade de oportunidades” e no “combate sem tréguas à corrupção”. E mostrou estar confiante no segundo turno: “o principal é que o povo brasileiro anseia por mais avanços e vê no projeto que eu represento a mais legitima e confiável força de mudança”.
Afirmou que entendeu “o recado das ruas e das urnas” e que levará, se eleita para o seu segundo mandato, a reforma política como bandeira. “Temos absoluta certeza de que nós precisamos fazer a reforma política, a ‘reforma das reformas’”. E completou: “o primeiro passo é mobilizar a população em um plebiscito popular”.
“Essa é a luta dos construtores de futuro, dos construtores de futuro, que não deixarão jamais o Brasil voltar para trás”, expressou a presidente.
About these ads

justiça e cidadania andam juntos, vamos correr atraz dos nosso direitos,brasileiros precisam ser respeitados,

Visit Website

3h
Dilma Está Gordinha Fhc? – Mas Prefiro A Gordinha Do Que Um Corrupto. Como Voce No Poder DILMA  PODE  ESTA  GORDINHA  FHC   MAIS NAO ESTA  GAGÁ  COMO VOCE, Alem de  gagá,  deu para babar o OVO  de americano  entregou todas  as nossas grandes  estatais como  Vale  do Rio Doce,  telebras e outras  a preço de  banana  podre.   depois  de cumprir o mandato foi  morar  nos  EUA  como  todo  traídor  de Pátria  faz. Dilma  pode  esta gordinha   fhc,  mais  nao assumiu um filho  com amante  
4h
Vou Votar Na Dilma Nos Egundo Turno Diz Marcelo Freixo segunda-feira, 6 de outubro de 2014’Vou votar na Dilma no segundo turno’, diz Marcelo FreixoDeputado estadual mais votado, o membro do PSOL declarou apoio à petista na corrida presidencial. Sobre o governo estadual, Freixo diz que não apoiará Pezão e que apoio a Marcelo Crivella depende de uma conversa partidária.Luciana Genro diz  que  estuda apoio a DilmaA candidata do PSOL à Presidência, Lucian
End of feed

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s